Canale di Tenno é um aglomerado rural de origem medieval que data, possivelmente, do ano de 1211. Sua estrutura, felizmente, sobreviveu quase intacta e suas quatro ruas  levam a uma pracinha repleta de histórias. No borgo há um grande número de casas de pedras  com características da época que ligam uma casa a outra.

Algumas delas são decoradas com afrescos modernos para a época, assim como suas fachadas.

Canale Di Tenno, que  é considerado um dos borgos mais bonitos da Italia, foi  parcialmente abandonado durante a primeira guerra mundial. O abandono foi também uma consequência do desenvolvimento industrial da região, que fica no entorno do Lago de Garda.

Seu renascimento se deu lentamente após a segunda guerra mundial.

O Borgo atrai turistas e principalmente artistas que, pouco a pouco, lhe deram vida ao adquirirem casas e reestrutura-las.

Canale di Tenno conta hoje com cerca de 50 habitantes e sobrevive graças ao turismo na região e também por sua oferta cultural. No ano de 2013 foi aberto um bed & breakfast na pracinha e uma bodega que vende cerâmicas denominadas Raku .

Museu e arte

Em Canale há um pequeno museu que conta um pouco da vida agrícola local, onde funciona  também a casa dos artistas, dedicada ao pintor Giacomo Vittone que adotou a pequena cidade muitos anos atrás.

Hoje a Casa do Artista é um centro de produção artística que oferece cursos, mostras e concertos, além de servir como residência para os artistas. Cada artista que se alí se hospeda, oferece como pagamento uma obra que fará parte do museu

.

Canale di Tenno é famosa também por algumas manifestações como o “Rústico Medioevo”, que é um festival de artes variadas que acontece todos os anos nas duas primeiras semanas de agosto e tem como cenário,  alguns momentos da vida medieval do borgo.

No inverno, no mês de dezembro, há o Mercado de Natal, durante todos os fins de semana que antecedem o dia 25.

Canale de Tenno fica perto de Riva del Garda no Trentino. Ao visitar a região do Lago de Garda, vale a pena tirar um dia para conhecer este importante e maravilhoso cantinho da época medieval que, felizmente, ficou quase intacto para que possamos desfrutar de sua história e até mesmo nos transportar para um mundo que ficou lá atrás.

Um agradecimento  especial ao amigo Luca Dapor pela paciência, atenção, carinho e pelo tempo dedicado a nos mostrar a região do Trentino e Alto Adige e que pouco a pouco, mostraremos aqui.

Grazie mille, Luca.

Deixe uma resposta